Argentina o presidente Alberto fernández disse celebrar a notícia afirmando que a justiça foi feita

Assunto publicamente na Argentina o presidente Alberto fernández disse celebrar a notícia afirmando que a justiça foi feita para o líder argentino as condenações tinha objetivo de perseguir o ex-presidente brasileiro e eliminá-lo da carreira política em seguida o próprio Lula afirmou que Alberto fernández ligou para ele durante a conversa o ex-presidente agradeceu a solidariedade na Venezuela o líder do país Nicolás maduro retuitou uma reportagem sobre anulação das condenações o assunto virou tema também dos jornais importantes mundo afora o americano The New York Times afirmou que a decisão da suprema corte brasileira abre caminho para que Lula concorra contra o presidente Jair bolsonaro nas eleições do ano que vem o britânico the guardian disse que a notícia desta segunda-feira foi um ponto de virada e potencialmente positivo para aqueles que querem ver a saída de bolsonaro que segundo a publicação teve uma gestão altamente polêmica da covid-19 a rede britânica BBC ressalta que uma eleição incluindo Lula seria profundamente divisiva em um país onde o ex-presidente ainda tem apoio mas enfrenta um enorme oposição sobre sua liderança vamos agora uma conversa com advogado criminalista Antônio Carlos de Almeida Castro ele é muito mais conhecido pelo apelido dele cai boa noite kkk e kkk e você é uma das vozes no campo dos operadores de direito que se notabilizaram pela postura muito crítica em relação aos métodos em relação alguns dos expoentes da lava jato alguns Dizem que o juiz Sérgio moro foi poupado nessa decisão de hoje do ministro Edson fachin Mas você cai argumenta muito presente você é nas redes sociais você argumenta que a parcialidade do juiz moro é o próximo passo a ser dado o quê Kkk ele dá toda essa certeza Boa noite alegria falar com você todo mundo aqui ouvindo Olha o julgamento que se deu hoje pelo faquin ele tratou únicos vivamente da pessoa mais competência isso você sabe desde o início nós falamos que era evidente que não tinha sentido jogar o sítio de Atibaia ou triplex Guarujá lá em Curitiba esse grupo tinha interesse político por isso levava os carros para Curitiba Então esse juramento era esperado Porque toda a jurisprudência tem-se firmado essa posição ganhei a 20 dias atrás do Supremo Tribunal processo envolve três senadores para mandar para Brasília o que realmente causou espécie é porque o minuto para quem se dava por Vencido e agora com todo direito ele seguiu a maioria do Supremo Tribunal Federal e fez o correto determinou que o processo de raspar Brasil está convida para tomar é uma outra questão no meu ponto de vista ele tem que ter levado a julgamento deve ser levado a julgamento até porque os efeitos diferentes Este foi jogado hoje pelo certamente haverá recurso deverá ser decidido pelo plano mas eu acho que vai ser mantido que hoje a gente vê isso com muita frequência Quando é o Lula tem todo esse movimento especial mas que o Sérgio Mouro tava trabalhando de forma indevida sem ter competência para tal ele julgava ter uma competência Nacional na jurisprudência nacional isso não existe agora a Deus temos Outro ponto interessante acabou de falar um deputado e a pouco minutos falando sobre votar a PEC de Segunda instância Opa nós acabamos de ver o tanto que a PEC Segunda instância ele chama de necessidade de prender após Segunda instância causam mal e recuperaram do Cidadão o número 580 dia 13 agora todo o processo da Caixa deixou um ponto que me parece Central inclusive na sua argumentação você explicou para o nosso público a diferença entre uma decisão tomada pelo Ministro do Supremo que Alega a incompetência do juiz Sérgio moro não deveria estar julgando que julgou e a suspeição de um juiz são coisas diferentes a defesa de Lula ou melhor dizendo advogados como vocês esperam que na verdade a suspeição seja declarada por que a Rigor uma um juiz em Brasília pode pegar o material que foi coletado pelo muro lá atrás em Curitiba e condenar o Lula de novo






Faça Parte! Adicione seu e-mail e receba mais informações