Caso Gael: Saiba o que aconteceu com a mãe de Gael na cadeia

Os cabelos cobrindo o rosto e com a mesma roupa que deixou apartamento na tarde desta segunda-feira Andreia Freitas foi levada para Van de transferência de presas da Polícia Civil, Andreia Freitas acaba de sair aqui da carceragem da delegacia do Portal do Morumbi na zona sul de São Paulo está sendo muito hostilizada dentro da viatura da transferência de presos foi xingada por outras detentas que também vão para mesma cadeia em Franco da Rocha a defesa da mulher de 44 anos acusada de matar o próprio filho de apenas três tentam exame de sanidade mental Para comprovar um possível surto Psicótico de Andreia Freitas e a consequente liberdade provisória ao advogado ainda na carceragem da delegacia do Morumbi zona sul de São Paulo a dona de casa disse que não se lembra de nada do que aconteceu no imóvel nesta segunda ela não lembra ela estava deitada com as crianças com Gael com a filha mais velha sentiu um calor muito grande suspeitava que estava com febre e ela vai até o banheiro tomar banho, para investigação há dúvidas de que Andreia matou o filho por espancamento na cozinha do apartamento do décimo andar do boletim de ocorrência Delegada do caso fala em crueldade e relata que em atendimento médico acusada não demonstrava qualquer remorso sobre agressão ao filho ainda segundo os médicos do Hospital Psiquiátrico do Mandaqui na zona norte da capital paulista Andreia tinha pequenos arranhões no corpo o que mostra uma tentativa de Defesa do menino de 3 anos e ela ainda apresentava as mãos avermelhadas e inchadas indícios das seguidas agressões contra a cabeça do próprio filho a perícia recolheu um anel no imóvel objeto que ainda segundo a investigação teria provocado algumas lesões do rosto e também na boca da criança de acordo com o exame do IML Gael tinha ferimentos na cabeça e também hematomas na altura do coração, pulmão e coluna vertebral segundo os socorristas do SAMU a criança foi socorrida em parada cardiorrespiratória e apesar de ser entubada ao chegar ao pronto-socorro morreu logo na sequência outro fato que chamou a atenção da equipe de investigadores que esteve no imóvel era um cenário de aparente maus tratos contra o menino que dormia sozinho no quarto sem móveis sobre um colchão velho jogado no chão no cômodo também não havia brinquedos que foram encontrados dentro de um saco de lixo na área de serviço.






0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments