Caso Henry: Quando o menino foi agredido meses antes da morte, veja o que a mãe fez – Entenda

Uma revelação estarrecedora, que é a mãe já teria levado o filho para o hospital, confirmando então o que a polícia disse de que ela já sabia que o menino era agredido pelo vereador Jairinho, durante a perícia no celular Tainara Oliveira Ferreira, ficou constatado uma mensagem no dia 12 de fevereiro, um pouco menos de 1 mês da morte de Henry, que o Jairinho se trancou no quarto com o menino de 4 anos, e o agrediu, ela escutou do lado de fora e mandou essa mensagem a Monique Medeiros a mãe do garoto que estava no Shopping, pediu pra ela tentar de alguma forma filmar, ela disse que tava trancado dentro do quarto o Jairinho com o menino, ouviu os gritos e de repente o Jairinho saiu de casa, ai ela tentou conversar com o Henry, o Henry não queria falar mas acabou revelando que levou um chute, o menino mancando, foi no dia seguinte dia 13 de fevereiro ao hospital, levado pela mãe ao pediatra, lá ela disse que o filho tinha caído da cama, por isso que estava mancando, a mesma versão apresentada no dia da morte.






0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments