Caso Henry: Saiba o que foi conversado entre Monique e os pais em mensagens

“Tem coisas que nós mães não conseguimos evitar que o filho passe estou em oração por você e Deus escuta nossas orações, você foi a melhor mãe para o seu filho as frases foram escritas por Rosângela Medeiros mãe da professora Monique Medeiros da Costa e Silva em meio a 226 trocas de mensagens de celular entre as duas, após a morte de seu neto Henry Borel de quatro anos em 8 de Março esse conteúdo foi descoberto pela polícia depois da apreensão de telefones e computadores da família autorizada pela justiça “devo merecer o que está acontecendo foram escolhas minhas agora Estou colhendo me sinto muito culpada escreveu Monique para o pai o funcionário civil da Aeronáutica Fernando José Fernandes da Costa e Silva em uma das 136 mensagens enviadas para ele entre 13 e 24 de Março, para polícia o pequeno texto corrobora a tese de que a mãe do menino sempre foi ciente dos acontecimentos que teriam causado a tragédia, Monique seu companheiro o vereador Doutor Jairinho estão presos sob acusação de provocarem a morte de Henry que segundo o exame de necropsia sofreu 23 lesões o casal sustentou em depoimentos a versão de que ele caiu de uma cama no entanto de acordo com investigações a criança era frequentemente agredida pelo padrasto sobre a Vista grossa da mãe os diálogos entre Monique e seus parentes foram descobertos pela décima sexta delegacia policial da Barra da Tijuca responsável pela apuração do caso investigadores recuperaram centenas de mensagens que haviam sido apagadas do celular da professora com Rosângela Monique.






0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments