Caso Henry: Saiba o que foi descoberto sobre Jairinho

O vereador Doutor Jairinho acusado pela morte do menino Henry Borel tinha um esquema Milionário de Imóveis e bens incompatíveis com salário que recebia o levantamento foi realizado pela revista Veja São 17 Imóveis entre eles uma mansão em Mangaratiba na costa oeste do Rio avaliado em r$ 8000000, há também o apartamento no condomínio Majestic na Barra da Tijuca na zona oeste do rio onde Henry foi morto e uma cobertura duplex em outro endereço Nobre na barra e teria sido vendido por mais de dois milhões de reais no fim do ano passado esses três Imóveis segundo levantamento da revista fazem parte da lista de bens não declarados pelo Vereador Doutor Jairinho incompatíveis com salário líquido que ele recebia que girava em torno de r$ 14000 as suspeitas ainda sobre um esquema de transações Que sugerem manobras de ocultação de patrimônio e lavagem de dinheiro por parte de Jairinho a revista aponta que na última eleição Jairinho declarou patrimônio de r$ 313000 na lista aparece um carro um consórcio de uma moto e investimentos, vereadores ouvidos pela revista relataram que Jairinho é conhecido na Câmara por gostar de luxo andar com ternos caros frequentava hotéis e restaurantes sofisticados além de sempre pagar tudo em dinheiro e andar com maços de notas.






0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments