Cresce pressão no Congresso para volta do auxílio emergencial de R$ 600

O governo está sofrendo pressão do congresso para aumentar o valor do auxilio emergencial, os presidentes do senado e da câmara e o presidente da republica estão fazendo articulações para que a medida provisória que estabelece a volta do auxilio emergencial para que ela prescreva, desde que chegou ao congresso a MP vem recebendo emendas parlamentares para que o valor do auxilio seja aumentado inclusive uma dessas emendas estabelece o valor inicial que foi de R$ 600,00, enquanto o congresso aprovou um valor máximo de R$ 375,00 e isso para mulheres chefes de família, e ai se a medida provisória for votada existe sim um risco do valor do auxilio realmente aumentar justamente durante a votação dessas emendas, porém se deixarem a MP caducar os presidentes do senado e da câmara não precisam retomar essa discussão sobre os valores até porque o pagamento do auxilio emergencial já estará em andamento, dessa rodada pelo o que foi aprovado pelo congresso 40 milhões de brasileiros devem receber o auxílio, o auxílio que reduziu sim de valor e começa com R$ 150,00 para pessoas que moram sozinhas, e 250,00 para uma pessoa das que moram na casa e R$375,00 para mães chefes de família como já havia falado anteriormente.






Faça Parte! Adicione seu e-mail e receba mais informações