Fique atento sobre os planos de saúde contratados

Amanda está grávida de 37 semanas, todos os exames do pré natal foram feitos pelo plano de saúde, só que agora na reta final da gravidez, ela teve uma surpresa nada agradável, recebeu uma ligação do hospital onde estava marcada a ultrassom, dizendo que o procedimento não iria ser realizado, “o hospital me ligou dizendo que eu havia recebido, uma correspondência do plano de saúde, vetando qualquer tipo de exame eletivo, eles não iam autorizar exames eletivos”, desesperada ela entrou em contato com o plano de saúde, e foi informada que deveria pagar R$542 reais pelo exame e depois pedir o reembolso, indignada a engenheira procurou a agencia nacional de saúde, mas ainda não teve uma resposta, “fiz a reclamação eles me pediram 10 dias úteis para que o plano de saúde entrasse em contato comigo para resolver essa situação, o problema ainda sem solução mexeu com o emocional e com a saúde da gestante, “minha pressão já subiu, ai hoje eu tive que ir ao hospital, acabou que eu tive que fazer o exame hoje de urgência e teve que cobrir porque eu cheguei no pronto de socorro”, em 2020 foram feitas 320 reclamações referentes aos planos, e até fevereiro foram feitas mais de 100 reclamações em 2021.