Forças armadas se incomodam com mudanças no governo

General da ativa me disse o seguinte o vento pode até soprar nesse sentido ou seja que as cortinas defendam politicamente do presidente Jair bolsonaro mas as velas tem missa e quem não está é quem está com as armas ou seja o recado bem claro né a despeito É talvez do presidente bolsonaro ter e que as armadas descendo mais sejam mais ativas na defesa política do governo que passa o seu momento mais frágil desde a posse as armadas pelas reuniões e Pelas conversas todas que vem inclusivo tendo nesse exato instante em que o alto Comando do Exército está reunido não querem se força de governo elas querem força de estado portanto, independentemente de quem ocupa o Palácio do Planalto é isso melhor assim sem dúvida inclusive nesse momento de mudança além do ministério das relações externas a imagem do Brasil e esse redirecionamento entãoque nós explicar direitinho Caio Ainda bem que você está em Brasília foi sorte tenho certeza que sim de um lado para o outro a gente amarrando então é as reuniões que estão acontecendo ainda estamos estão no radar atualizar tudo vamos começar então acionando






Faça Parte! Adicione seu e-mail e receba mais informações