LIRA: As coisas não vão andar enquanto baterem cabeça.

Aí eu já vou começar a pedir um tempinho extra para você para explicar algo que eu expliquei mal ontem ontem ao tratado roubada do pedido do Presidente da República e o ministro marco Aurélio Soares tem que passar pela advocacia-geral da União aí aí aí eu respondi por isso item 34 500 dias que a todos é assegurado o direito de petição a todos só que eu quase 3 milhões de seguidores do Twitter um advogado do Tocantins me lembrou do seguinte 133 mais além disso que o advogado é indispensável à administração da Justiça eu tava crente advogado que fez Jardim do presidente tinha assinado mas não assinou na firma foi o presidente pode votar imposto de Presidente só eu tenho que assinar também pode assinar comigo mas eu tenho que assinar Então essa foi o motivo de Marco Aurélio em frente vamos em frente Alexandre Alexandre vamos falar sobre oencontro de ontem encontro após aquele encontro então da cúpula dos três poderes que resultou na criação de um comitê para enfrentar a covid-19 no Brasil falou da Câmara torneira subiu o Tom contra o governo irá em remédio político os remédios políticos no Parlamento são conhecidos e são todos amargo alguns fatais muitas vezes são especializados quando um espiral de erro de avaliação se torna uma escala geométrica incontrolável não esta a intenção desta presidência preferimos que as anomalias atuais se cura em fosse mesmo frutos da autocrítica do instinto de sabedoria da Inteligência Emocional e da capacidade política Alexandre como é que se avalia como declaração do presidente da Câmara Artur Mira em quais são esses remédios políticos amargos e fatais que pagamentotrês poderes que resultou na criação de um comitê para enfrentar a covid-19 no Brasi






Faça Parte! Adicione seu e-mail e receba mais informações