Novo ministro da Saúde diz que mortes por Covid serão reduzidas com distanciamento social e melhora no atendimento hospitalar

O novo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse, no início da tarde 17/03, que os impactos das mortes que ocorrem no Brasil vão diminuir com distanciamento social e melhora no atendimento hospitalar.

“Esses óbitos que estão aí nós conseguiremos reduzir com 2 pontos principais. Primeiro com políticas de distanciamento social própria que permitam diminuir a circulação do vírus, segundo com uma melhora na capacidade assistencial dos nossos serviços hospitalares”, disse Queiroga.

Queiroga voltou a dizer que a política pública do Ministério da Saúde é “a política pública do presidente Bolsonaro” – que é contrário a medidas adotadas pelos governadores e prefeitos para garantir o distanciamento social.

“A partir de hoje vamos dar inicio ao maior programa de imunização contra Covid desse país. Na segunda-feira, como os senhores sabem, recebi o honroso convite do senhor excelentíssimo presidente da República para assumir a condução do Ministério da Saúde. É uma missão de grande relevância que eu, sozinho, não tenho como construir todas as soluções. Somente com a união de todos os brasileiros, nós, gestores do sistema público de Saúde, teremos condições de dar as respostas que a sociedade brasileira quer ouvir”, afirmou.






Faça Parte! Adicione seu e-mail e receba mais informações