Protagonismo no mercado de trabalho

Presente que pensar no dia das mulheres e falando das empresas também não é só pensar na mulher especificamente mas a pensar na sociedade como um todo a gente tem dados mostrando o presente que quando a mulher trabalha ela investe mais em saúde educação dos filhos que quando a mãe trabalha aos filhos dessas mães tem uma possibilidade maior de estudar mais anos de se colocar melhor no mercado de trabalho então é uma reação em cadeia e a gente precisa disso em todas as áreas eu fico pensando se nas vendas o resultado não sei tá mas o resultado é mais ou menos talvez mais palpável e aí essa habilidade das mulheres nas relações se tornam mais explícita e consequentemente elas consigam acender deposição de forma mais fácil principalmente porque as pessoas tem falado que com tecnologia agora eu vejo os especialistas Dizem que as habilidades que são associadas ao feminino vão ter bastante protagonismo no mercado de trabalho no futuro porque a gente fala de um tipo de competência que não vai poder ser substituída pela máquina inteligência canal acessibilidade agora que a Gabi falou sobre insegurança no começo que você que não aceita não entendi uma mulher de uma posição de liderança para ter uma pessoa extremamente inseguro mesmo porque isso intimida tantos homens invocar Bases psicanalíticas na todos nós nascemos de uma mulher choramos ao ser separados dela E vemos como a mãe maior mais forte fisicamente mais inteligente que controla todos menos então é uma luta para aparecer e vencer algum ideal Eu posso também lembrar que preconceito são caldo cultural tem que ser ensinado então eu ouvi na infância como eu digo na nossa formação não foi uma formação voltada à diversidade dizia não chora eu amei não chore isso Parece coisa de mulher tá parecendo a mulherzinha com sensibilidade como crítica social feminino e qualquer força social masculino de Gravatá camiseta lute como uma mulher por que significa na seja forte com uma mulher e agora vamos a parte prática mulheres sobrevivem mais infecções mulheres têm uma média de vida maior mulheres têm mais idas a médicos e como tal se cuidam mais logo se eu tenho que pensar quem é que sobrevive mais quem é a força quase sempre é a mulher mas é de fato é uma coisa desde cedo é difícil vocês entenderem que desde cedo você tá treinando para parecer forte para não parecer mulher e muitas vezes era isso chorando não sei o que essas coisas que a gente vai ouvindo quando criança que muitas vezes é difícil para gente até hoje lá que a gente incorpora esses valores sem nem saber eu acho que a discussão de hoje conversa muito com a nossa no programa sobre masculinidade tóxica porque tem a ver com o cara não falou com a construção da ideia do que é esse masculinidade que segue um padrão eu tenho uma pesquisa dos Estados Unidos de situações de expediente encontro rápido sabe quando as pessoas se encontram na mesa para saber se querem sair mais menos ou não e disse que os homens só admitem uma mulher mais inteligente que eles numa situação hipotética porque na prática eles gostam se interessam pelas mulheres inteligentes mas não pela mulher que parece ser mais inteligente que ele e justamente porque isso fragiliza o papel tradicional do homem esse homem assim como você incorporam senta direito fecha a perna esse homem também é fruto desse caldo de Cultura incorpora esses valores ele se sente ameaçado no papel que ele acha que ele tem que desempenhar quando na verdade ela que maravilhoso você tem uma mulher muito inteligente que bom se você puder para tirar a responsabilidade da vida se você não tiver ocupada de papel de provedor disseram que 70% dos Americanos consideram que ilumine sua esposa mais inteligente do que e ele e diz não sei com os outros 30% não perceberam essa é uma resposta simpática mas na verdade a papéis em que os homens se sentem fragilizados as mulheres às vezes por habilidade exigem que o miado da lata de palmito para darem algum incentivo assim eu peço ajuda a gente você tem alguma camiseta lute como uma garota eu tenho essa luta das mulheres ela permitiu que a gente chegar você espaços que antes eram predominantemente masculinas mas ainda hoje é importante dizer que nem todas as mulheres conseguem o que faz seus lugares da mesma forma a gente conversou com a nossa queridíssima colega Âncora da CNN Halo Barreto Luciana Barreto Lu qualquer dia Vem sentar aqui na bancada para conversar com a gente para falar sobre a importância da diversidade Olha só eu acho que o mais importante