Vejo o que aconteceu com morador que chamou porteira de “macaca”

O caso aconteceu no último dia 18, em Goiânia e gerou revolta entre muitas pessoas. A Polícia Civil foi acionada e cumpriu um mandado na casa do sujeito. Para a surpresa de muitos, os policiais encontraram quatro armas de fogo no apartamento do homem.

A ação da Policia Civil investiga o crime de injúria racial do morador, contra a funcionária da portaria de um condomínio. No momento da apreensão da polícia, apenas a filha e a sogra do homem estavam presentes no local.

Relembre a situação

Segundo a funcionária da portaria relatou, no dia do ocorrido, o morador chegou no local sem o controle do portão da garagem. Dessa maneira, a funcionária pediu para que o homem se identificasse pelo interfone. Ele não gostou, desceu do carro e foi até a portaria. Como ele se recusou a se identificar, a funcionária não quis abrir o portão sem a confirmação da identidade, como uma medida se segurança. Por conta disso, o homem começou a ofendê-la, fazendo ofensas como, “macaca” e “chipanzé”. A funcionária filmou toda a situação.






0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments